Flor do Deserto

O filme que ontem vi chama-se “Flor do Deserto” e conta uma histórica verídica de uma mulher vítima de Mutilação Genital Feminina que fugiu da Somália, tornou-se modelo e utilizou a fama para denunciar uma prática bárbara que todos os dias ataca cerca de seis mil raparigas.

Este filme começa por retratar as dificuldades que uma emigrante ilegal sobre para sobreviver em Londres, demonstra como uma amizade pode salvar uma vida e põe a nu uma história cruel de um grave atentado aos Direitos Humanos.

Não me lembro de alguma vez ter ficado tão impressionado e revoltado a ver um filme. Talvez por isso não seja capaz de escrever muito mais do que: vão ver este filme!

Publicado por

Nuno Ferro

Nuno Ferro tem 35 anos, cresceu em Mafra, é programador/DevOp na Sky e também consultor informático freelancer. Militante do PSD mas cada vez tem menos paciência para politiquices.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *